I say blog!
  • 09
  • mar

Síndrome do Olho Seco afeta 28 milhões de brasileiros

Por Conceicao Costa, em Oftalmologia.

secura nos olhosO inverno, pelo menos teoricamente, está chegando! E é durante essa estação, com  baixa umidade do ar, que os riscos da Síndrome do Olho Seco aumentam. Olhos irritados, vermelhos, coçando ou ardendo, visão turva, sensibilidade ao vento e à luz são sintomas que podem apontar para o problema, que atinge 28 milhões de pessoas no país. A síndrome provoca diminuição da produção da lágrima ou a piora da qualidade de lubrificação. A lágrima é um mecanismo natural que protege os olhos de infecções e da sujeira que existe no ar. De acordo com os médicos, embora grande parte dos casos esteja ligada à baixa umidade do ar, o distúrbio pode revelar outras causas, como doenças sistêmicas, em especial artrite, alergia e lúpus. Medicamentos como anti-histamínicos, antidepressivos e anti-hipertensivos também colaboram para o problema. Mulheres após a menopausa, pessoas portadoras de glaucoma, além de fumantes e pessoas que fazem reposição hormonal também estão mais propícios a essa instabilidade no filme lacrimal.

Segundo o oftalmologista Bruno Machado Fontes, qualquer atividade que exija muita atenção visual também pode causar, precipitar ou agravar a sensação de olho seco. Isso acontece porque diante do computador, por exemplo, pisca-se de três a cinco vezes menos que o normal, que é piscar de 12 a 15 vezes por minuto. Para quem está com a sensação de secura ocular é bom procurar um especialista que vai identificar o que está causando os sintomas. Vários testes podem ser feito pelo oftalmologista. Um deles determina a quantidade de lágrima que é produzida pelo paciente. Isso é feito com o médico colocando uma tirinha de papel especial na pálpebra para checar o quanto ela fica molhada durante um certo período de tempo. Outro teste consiste na aplicação de um corante que mostra onde e quando as lágrimas se separam na córnea.

O tratamento para a síndrome pode incluir a utilização de lágrimas artificias. Outra opção pode ser o uso de tampões que vão impedir ou dificultar o escoamento da lágrima pelo olho. O oftalmologista Bruno Machado diz que beber muita água e adotar uma alimentação saudável (sempre ela!) são as dicas para a prevenção do mal. Ingerir alimentos ricos em Ômega 3 e ácido graxo essencial, presentes em peixes como a sardinha, salmão e atum e também em nozes, linhaça e verduras.



6 Comentários Publicado por Conceicao Costa
Tags associadas ao artigo: , , , , .
Outros artigos:

Artigos relativos a "Síndrome do Olho Seco afeta 28 milhões de brasileiros"


Comente:

6 comentrios su "Síndrome do Olho Seco afeta 28 milhões de brasileiros"

  1. Excelente explicação…

  2. Conceicao Costa

    Obrigada. Que bom que a mensagem foi transmitida.
    Abs.

  3. […] Os óculos apreendidos também não possuíam etiquetas informando que não prejudicariam os olhos dos usuários quando utilizados em curto prazo, durante a exibição do filme, por […]

  4. […] Ele explica sua teoria na revista “Evolutionary Psychology” dizendo que as lágrimas ajudam a construir e fortalecer relações. É uma estratégia que nos aproxima emocionalmente dos […]

  5. […] em mecanismos de identificação. Entre essas características tem-se a íris (parte colorida do olho), a retina (membrana interna do globo ocular), a impressão digital, a voz, o formato do rosto e a […]

  6. […] clima de inverno pode agravar várias doenças típicas da época. Uma delas é a Síndrome do Olho Seco, que afeta cerca de 10% da população adulta em todo o mundo, muitas das quais sofrem […]


Imagens

3maçã
Progeria
Ambiente saudável
Medicamentos

Feed RSS

Mantenha-se sempre atualizado, assine agora o Feed Rss.

Cadastre-se & Login

Cadastre-se e identifique os seus comentários.

Newsletter

Cadastre-se para receber todos os novos posts do blog:





© Corpo Saun, is part of the network IsayBlog! whose license is owned by Nectivity Ltd.