I say blog!
  • 05
  • out

Sibutramina permanece liberada para venda no Brasil

sibutramina Sibutramina permanece liberada para venda no BrasilA Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deu sinal verde e manteve a licença para a continuidade da comercialização da droga sibumtramina, utilizada para emagrecer. A agência contrariou o parecer inicial da sua própria Câmara Técnica de Medicamentos (Cateme), que é favorável à proibição da sibutramina.

Na mesma decisão da Anvisa foram cancelados os registros das drogas femproporex, mazindol e anfepramona, todas receitadas contra obesidade também.

A sibutramina, considerada perigosa e por isso proibida nos Estados Unidos e nos países da União Européia, poderá ser vendida no Brasil, mesmo sendo comprovados seus efeitos colaterais, como a elevação do risco de infarto e derrame para alguns pacientes. Como a droga só promete uma perda pequena de  peso,  as  autoridades americanas e europeias decidiram que os riscos superavam os benefícios e cancelou a venda do medicamento.

O Brasil é um dos maiores mercados do mundo para medicamentos contra a obesidade. Em 2010, o país consumiu mais da metade das 5,6 toneladas de sibutramina produzidas em todo o mundo.

Com a decisão da Anvisa os médicos estão liberados para receitar a droga – que, assim  como as três proibidas, age no cérebro.

José Agenor Álvares, diretor da Anvisa, que votou contra a  liberação, explica que se  vários países retiraram, baseados em evidências científicas, essas evidências não podem ser desconsideradas por nós  brasileiros.

Já Francisco Paumgartten, da Cateme, afirma que assim como fizeram a FDA, órgão americano que controla drogas e  alimentos, e a EMA, agência europeia, os riscos cardiovasculares, principalmente infarto e derrame, com o uso de sibutramina, são muito maiores do que os possíveis benefícios: perda de peso modesta, que é  revertida com a  interrupção do  tratamento. Por isso defendo sua proibição, diz  

A Anvisa esclareceu que  não aumentará as restrições à sibutramina, medicamento já prescrito, há um ano com a receita azul, numerada e tarja preta. A única novidade  agora, é o termo  de responsabilidade, que será assinado pelo paciente e médico.



1 Comentário Publicado por Mondarto
Tags associadas ao artigo: , , , , .
Outros artigos:

Artigos relativos a "Sibutramina permanece liberada para venda no Brasil"

  • Anvisa volta atrás e recomenda o uso da sibutramina
    Anvisa volta atrás e recomenda o uso da sibutramina

    O debate sobre os remédios de emagrecimento permanecem após vários meses de discussão. A última novidade é que os técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiram recomendar a [...]


  • Erva tem poder emagrecedor semelhante à sibutramina
    Erva tem poder emagrecedor semelhante à sibutramina

    A sibutramina, remédio para emagrecer que deverá ser proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), poderá ser substituído por uma erva brasileira.  Com o mesmo potencial da sibutramina, a [...]


  • Anvisa proíbe venda de suplementos dietéticos
    Anvisa proíbe venda de suplementos dietéticos

    A Agência Nacional deVigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a importação e a venda dos suplementos para emagrecer da marca Divine Shen, produzidos na China. A determinação ocorreu depois que a Agência [...]



Comente:

1 comentrio su "Sibutramina permanece liberada para venda no Brasil"

  1. [...] decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de liberar a venda do medicamento sibutramina, indicado no tratamento da obesidade dividiu os médicos e continua provocando polêmica no [...]


Imagens

3maçã
Progeria
Ambiente saudável
Medicamentos

Feed RSS

Mantenha-se sempre atualizado, assine agora o Feed Rss.

Cadastre-se & Login

Cadastre-se e identifique os seus comentários.

Newsletter

Cadastre-se para receber todos os novos posts do blog:





© Corpo Saun, is part of the network IsayBlog! whose license is owned by Nectivity Ltd.