I say blog!
  • 09
  • jul

Saiba como tratar a dor de garganta

Por Regina, em Nutrição e prevenção.

Dor de garganta Saiba como tratar a dor de gargantaCom o inverno e o clima mais seco aumentam os casos de alergias respiratórias, gripes e resfriados fazendo com que os vírus e bactérias se proliferem com mais rapidez. Uma das partes do corpo humano que mais fica comprometida neste período é a garganta, e segundo o médico otorrinolaringologista, Marcelo Alfredo, do Hospital e Maternidade Beneficência Portuguesa de Santo André, a problemática pode acontecer de várias formas, atingindo especialmente as crianças e provocando febres e dores.

Durante uma gripe ou resfriado, normalmente ocorre à obstrução nasal, que faz com que os indivíduos respirem pela boca. Respirando desta forma o ar não é aquecido, filtrado e umidificado chegando “impuro” na garganta, gerando algumas doenças como amigdalite, faringite e laringite.

A amigdalite pode ser ocasionada por bactérias ou vírus e consiste em uma inflamação nas amígdalas, localizadas na entrada do tubo digestivo e respiratório, que tem a função de proteger e combater as bactérias e vírus, fazendo com que o sistema imunológico produza anticorpos contra outras infecções.

Entre os sintomas estão inchaço, vermelhidão, placas esbranquiçadas, úlceras na superfície, dor ao engolir, dor na garganta – que pode estender-se para os ouvidos – febre alta, sensação de mal-estar, dores de cabeça e vômitos. Na amigdalite viral não há formação de placas brancas e secreções purulentas nas amígdalas.

O tratamento da amigdalite bacteriana é feito com antibióticos. Já a viral não é possível este tipo de medicação, pois a doença possui um ciclo próprio e necessita apenas de medicação para alívio dos sintomas, como antitérmicos e analgésicos. Em alguns casos é necessário uma cirurgia para remoção das amígdalas.

Segundo o especialista, a amigdalite do tipo bacteriana é uma das mais perigosas infecções de garganta, com febres que podem chegar aos 40ºC. “As crianças desenvolvem amigdalite quando passam por uma queda na resistência do organismo, variações bruscas de temperatura típicas desta época do ano”, explica Alfredo.

Alguns fatores como animais domésticos, cigarro, apetite diminuído, água gelada e friagem também podem colaborar para o aparecimento da doença. Se não tratada, a amigdalite pode trazer sérias complicações ao indivíduo, como surdez, febre reumática e problemas nos rins e coração, podendo atingir outros órgãos.

Outra doença comum que ataca a garganta é a faringite, uma inflamação na faringe, que em 95% dos casos é causada por vírus e 5% por bactérias. Os sintomas são os mesmos na faringite viral e bacteriana, sensação de garganta arranhada, dor de garganta, vermelhidão, dificuldade para engolir, febre, inflamação, dor de ouvido e inflamação nos gânglios linfáticos.

Durante o tratamento, analgésicos e gargarejos com água morna e sal várias vezes ao dia ajudam a aliviar o mal-estar. Vale lembrar que os antibióticos não surtem efeitos se a infecção for viral, caso contrário o médico receitará penicilina ou eritromicina para acabar com a infecção.

A garganta também pode ser atingida pela laringite, uma inflamação da caixa vocal – laringe – causada por uma infecção viral das vias respiratórias superiores, em alguns casos acompanha a bronquite, pneumonia, gripe, tosse ou qualquer inflamação ou infecção das vias respiratórias. O uso excessivo da voz, alergias e cigarro também podem provocar laringite aguda ou crônica.

Entre os sintomas estão alterações ou perda da voz, rouquidão, coceira, vermelhidão e inchaço na garganta. Os sintomas podem variar conforme a intensidade da inflamação. Também poderá ocorrer febre, mal-estar, dificuldade para engolir e dor de garganta.

Para alivio dos sintomas da laringite são necessários alguns cuidados como descansar a voz, evitar falar e fazer inalação, para curar a infecção deverá ser receitado antibiótico.

“Normalmente as dores de garganta são tratadas de forma leviana, muitos pacientes se automedicam e fazem gargarejos com soluções caseiras que podem ser mais nocivas que benéficas, levando a uma complicação maior. O ideal é procurar um especialista assim que surgirem os sintomas”, recomenda o médico.

A maior parte dos casos de dor de garganta é provocada por substâncias alérgicas como ácaros, corante, poluição, fumo e pólen. Bebidas quentes também podem agredir as vias aéreas superiores.



2 Comentários Publicado por Regina
Tags associadas ao artigo: , , , , , .
Outros artigos:

Artigos relativos a "Saiba como tratar a dor de garganta"

  • Clima seco pode comprometer garganta
    Clima seco pode comprometer garganta

    Com o inverno e o clima mais seco, aumentam os casos de alergias respiratórias, gripes e resfriados, os vírus e bactérias se proliferarem com mais rapidez. Uma das partes do [...]


  • Saiba o que é e como tratar a Hérnia de Disco Lombar
    Saiba o que é e como tratar a Hérnia de Disco Lombar

    A hérnia discal é o deslocamento do material interno do disco intervertebral (núcleo pulposo), através da membrana externa do disco (anulo fibroso). Geralmente a hérnia acontece na região posterolateral do [...]


  • Vírus HPV pode causar danos em boca e garganta
    Vírus HPV pode causar danos em boca e garganta

    Engana-se quem pensa que o papilomavirus humano, o HPV, afeta apenas mulheres com o câncer de colo de útero. Recentes pesquisas da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, revelaram que [...]


  • Saiba como prevenir a catapora
    Saiba como prevenir a catapora

    A varicela, mais conhecida como catapora, é uma doença infecciosa aguda, altamente transmissível, causada pelo vírus varicella-zoster. Ocorre com maior frequência em crianças de um a dez anos, mas pode [...]



Comente:

2 comentrios su "Saiba como tratar a dor de garganta"

  1. Tony

    Vírus, fungos e ácaros afetam a saúde de quem mora em metrópoles e sofre de asma, bronquite, sinusite e outras doenças, principalmente em crianças, idosos, gestantes, hipertensos e cardíacos. Tenha um purificador de ar no quarto e verá como poderá respirar melhor a noite. Se tiver o filtro HEPA melhor, para maiores informações me contate: tony@jathcom.com.br

  2. [...] que  cuida dessa  região) pode cometer  erros  e  confundir  a  doença  com  uma  amigdalite.  Por  isso,  deve-se  insistir para ter um diagnóstico adequado. Alexandre orienta: se o [...]


Imagens

3maçã
Progeria
Ambiente saudável
Medicamentos

Feed RSS

Mantenha-se sempre atualizado, assine agora o Feed Rss.

Cadastre-se & Login

Cadastre-se e identifique os seus comentários.

Newsletter

Cadastre-se para receber todos os novos posts do blog:





© Corpo Saun, is part of the network IsayBlog! whose license is owned by Nectivity Ltd.