I say blog!
  • 24
  • set

Doença do sono

Por Mondarto, em Neurologia.

sono Doença do sono

Dormir demais, cochilar na sala de aula ou em qualquer lugar, encostado em algum canto ou na areia da praia podem ser sintomas de uma doença, a narcolepsia, conhecida como Doença do Sono.

A narcolepsia é uma doença genética caracterizada, principalmente, pelo sono excessivo, entre outros sintomas, como alucinações e perda do tônus muscular, a cataplexia, causada por alguma emoção forte.

Alguns portadores da doença sofrem muito preconceito, são motivos de deboche, porque são capazes de cochilar até mesmo em ambientes como boates e festas agitadas eliminando qualquer interferência do barulho. Devido a estas situações são o alvo de brincadeiras dos amigos, os escolhidos para as fotos mais inusitadas sempre dormindo e apelidados de preguiçosos e vagabundos.

Na doença a entrada anormal no sono REM, quinta fase do sono na qual ocorrem os sonhos, aparece subitamente. Já na pessoa normal, essa fase só aparecerá após uma hora e meia de sono. O corpo também entra em atonia muscular, ou seja, a musculatura fica desativada para evitar que a pessoa se mexa e reproduza os movimentos que faz durante o sonho, o que não ocorre no doente.

As alucinações também são indiretamente ligadas a esta fase do sono REM, porque o paciente ainda não está totalmente adormecido, então ao sonhar têm a sensação e a confusão de que tudo é real, que está vivenciando a situação, embora isto não ocorra.

O sono de uma pessoa narcoléptico é “picado”, mais fragmentado do que quem não tema doença. A pessoa dorme menos, em sua maioria não consegue dormir mais que duas horas contínua de sono.

A doença surge com mais evidência após os 20 anos de idade, afeta aproximadamente uma em cada duas mil pessoas e não tem cura, mas pode ser controlada com remédios que ajudam a diminuir os sintomas e o estigma. Medicamentos eficazes atuam nas alucinações, na cataplexia e conseguem fazer com que os episódios de sono aconteçam com menos frequência.



10 Comentários Publicado por Mondarto
Tags associadas ao artigo: , , , , .
Outros artigos:

Artigos relativos a "Doença do sono"

  • Sono em excesso pode ser um distúrbio
    Sono em excesso pode ser um distúrbio

    Alguns sintomas como cochilar ao volante, perder o fio da meada durante uma conversa, aquele blecaute ou falta de memória, repetir atos automáticos, sem consciência do que se está fazendo [...]


  • Atividade física ajuda na saúde do sono
    Atividade física ajuda na saúde do sono

    Uma noite mal dormida ou com quadro de insônia pode ter sérias consequências no organismo e na mente. E bastante comum segundo estudos realizados pela Sleep Foundation, dos Estados Unidos, [...]


  • Saúde do sono muda na puberdade
    Saúde do sono muda na puberdade

    Um estudo israelense sugere que os pais devem ficar atentos ao sono dos filhos, principalmente na faixa etária entre dez e 11 anos de idade. Publicado na revista Sleep, o [...]


  • Rotina antes de dormir melhora sono das crianças
    Rotina antes de dormir melhora sono das crianças

    Manter uma rotina diária de sono para as crianças é difícil, principalmente na época de férias. Mas os trabalhos realizados pelo Laboratório de Estudos do Sono do Hospital Infantil Cândido [...]



Comente:

10 comentrios su "Doença do sono"

  1. [...] mas os cientistas afirmam que os fatores mais importantes podem incluir o aumento de problemas do sono, depressão, estilo de vida prejudicial à saúde, alimentação desbalanceada, sedentarismo e o [...]

  2. [...] incontinência urinária durante o sono é caracterizada pela repetição do fato, pelo menos duas vezes por semana, por 90 dias [...]

  3. [...] o sinal de uma doença pouco conhecida, mas que atinge um em cada 40 mil indivíduos no mundo: a narcolepsia. No Ambulatório do Grupo de Pesquisa Avançada em Medicina do Sono, do Departamento de Neurologia [...]

  4. [...] temporomandibular (problemas com os músculos da mandíbula) são as principais causas da perda de sono relacionados à [...]

  5. sono pesado para criança e uma doença/

  6. Olá, meu nome é Ana Clara tenho 18 anos,mas tenho problemas com o sono sempre, hoje terminei o colegial, mas foi muito difícil acordava numa boa para ir a aula, mas quando dava 10:00, 10:30 eu sentia um sono incontrolável, e meus olhos fechavam sem eu querer, e eu sentia vergonha porque meus amigos riam sempre de mim e meus professores sempre reclamavam, quando eu estudava ia a dormia bem a noite mas sempre pois de 01:00 hora da manha, acordava as 06:00 e sem nenhum problema ia a aula, quando dava 10:00 dormia até o fim da aula, meio dia, chegava em casa sem fome nenhuma, na verdade com mais sono do que fome, mas comia e ia dormir, dormia até 4 horas porque minha mae não me deixava dormir, essa hora era a pior pra mim, eu não conseguia acordar, quando minha mae não tava em casa dormia até 7 da noite, mas quando ela tava eu acordava mas as 6 horas da noite me batia um sono e eu não conseguia ficar acordada, e sempre dormia, hoje não tenho mais aula, faço cursinho e durmo muito mais que antes, pois minha mae não me cobra mais nada, mas não é preguiça eu não consigo ficar acordada a tarde pra estudar, e se eu pegar em um livro leio por meia hora e ja começo a fechar os olhos, quando tinha 15 anos uma vez meu irmão veio me acordar quando eu dromia a tarde pra eu ir atender o telefone que era uma amiga, e eu fiquei em pé por uns 2 segundos e depois cai no chão, não conseguia mexer minhas pernas passe uns 5 segundos com essa sensação eu estava acordada e mexia tudo menos minhas pernas, e nesse perio foi desesperador pensei que não ia mais andar, mas com o tempo fui sentindo e isso nunca mais aconteceu, até nessa semana que foi bem pior, eu acordei meio dia e fui almoçar, fiz meu prato e entrei para pegar o sal, quando tudo ficou preto, eu não enxergava nada, derramei o pote de sal todo em mim, e o pior o prato de vidro quebro em cima de mim, cortei todo o meu pé mas não senti, eu estava em pé e de repente eu cai no chão, eu senti meu irmão me pegando e me levando para algum lugar, e eu estava na minha casa mas não conseguia me situar para onde ele me levava, então quando eu voltei em si ele tinha me posto no sofá da sala, foi horrível, eu essa sensação, eu não estava acordada mas meu corpo todo parou, minha vista escureceu, não conseguia fazer nada e nem perdi a noção do lugar também, eu sempre tive problemas hormônais tomo concepcional por conta da minha menstruação ser desregulada, ja tive anemiapor culpa dela, mas lendo essa matéria percebi que pode ser algo mais sério pois eu não tenho mais anemia, não perco mais tanto sangue, mas continuo dormindo basntate, por favor, se voce puder me dar informações me mande um e-mail algo assim, é muito importante pra mim, sou jovem e não quero perder minha vida dormindo, estou muito preocupada, obrigada pela sua atenção.

  7. rosangela

    Eu tb durmo muito, isso me incomoda demais porque afeta meu trabalho, minha vida social porque deixo de sir pra dormir, e não é só isso, me sinto anemica, desanimada, eu sempre tentei entender oque sinto, e acabei por fazer um tratamento por depressão, nunca h ouve uma melhora de fato,, e agora por fim fui diagnosticada como bipolar,, eu realmente não vejo muita relação mas mesmo assim tomo os remédios tenho muita esperança de melhorar, estou perdendo o melhor da minha vida…E gostaria nuito de ter uma segunda opinião…bjs

  8. francisco de paula galhardo

    Eu estou trabalhando no computador, quando vou adormecendo sem sentir, isso é diariamente, é um sono incontrolável. Quando fazia 2º grau e faculdade dormia demais nas aulas e virava motivo de xacota dos colegas. não consigo ler um livro nem estudar para concursos. O que devo fazer para poder amenizar esses sintomas.

  9. markceane

    ”meu nome e markceane tenho 19 anos e sou muito sonenta onde chego comesso a da sono…se eu ficar muito tempo parada comesso a dar sono,principalmente na escola toda vez,nem um medico falou o q era!

  10. Ane

    Olá meu nome é Ane, tenho 26 anos. Sempre gostei de dormi muito e acabava sonhando demais também, mas nos últimos dias tenho sonhado muito e dormido menos do que costumava dormi, em alguns momentos parece que não dormir, ou que estou sentindo a noite passar, mas sei que estou dormindo. Lembro de todos esses sonhos, esses dias contei 11 sonhos. E geralmente são situações distorcidas que acontecem durante o dia. Isso não ta me fazendo bem. O que posso fazer, além de procurar um especialista?


Imagens

3maçã
Progeria
Ambiente saudável
Medicamentos

Feed RSS

Mantenha-se sempre atualizado, assine agora o Feed Rss.

Cadastre-se & Login

Cadastre-se e identifique os seus comentários.

Newsletter

Cadastre-se para receber todos os novos posts do blog:





© Corpo Saun, is part of the network IsayBlog! whose license is owned by Nectivity Ltd.