I say blog!
  • 19
  • fev

Leucemia, o que é e como tratar?

Por Mondarto, em Câncer.

leucemiaA leucemia, doença maligna que atinge os glóbulos brancos, os leucócitos, ainda não tem sua origem conhecida, apesar de uma das suas principais características ser o acúmulo de células jovens (blásticas) anormais na medula óssea, que substituem as células sanguíneas normais.

A doença ocorre na medula, porque é nesta que acontece a formação das células sanguíneas e sua ocupação na cavidade dos ossos, principalmente esterno e bacia, conhecida popularmente por tutano. Nela são encontradas as células mães ou precursoras, que originam os elementos figurados do sangue: glóbulos brancos, glóbulos vermelhos (hemácias ou eritrócitos) e plaquetas.


Os principais sintomas da leucemia decorrem do acúmulo dessas células na medula óssea, prejudicando ou impedindo a produção dos glóbulos vermelhos (causando anemia), dos glóbulos brancos (causando infecções) e das plaquetas (causando hemorragias). Depois de instalada, o câncer progride rapidamente, exigindo com isso que o tratamento seja iniciado logo após o diagnóstico e a classificação da leucemia.

Há vários tipos de classificação de leucemia, dentre as mais frequentes estão  a leucemia linfóide aguda (ou linfoblástica), mais comum em crianças e a leucemia mielóide aguda, recorrente nos adultos.

Os sintomas da doença são a formação dos  linfonodos ou ínguas, fadiga, cansaço, palpitação e anemia. Podem ocorrer também infecções que podem levar ao óbito causadas pela redução dos leucócitos normais (responsáveis pela defesa do organismo). Outras manifestações clínicas são dores nos ossose nas articulações, devido à infiltração das células leucêmicas nos ossos, dores de cabeça, náuseas, vômitos, visão dupla e desorientação.

O médico deve verificar no paciente, por meio do exame físico, se este apresenta palidez, febre, aumento do baço (esplenomegalia) e sinais, como sangramento nasal, hemorragias conjuntivais, sangramentos gengivaise manchas roxas na pele. Na análise laboratorial, o hemograma estará alterado, porém, o diagnóstico é confirmado no exame da medula óssea (mielograma).

O tratamento mais adequado, como o aplicado na atriz Drica Moares, é a destruição das células leucêmicas, para que a medula óssea volte a produzir células normais. Entretanto, em alguns pacientes, o transplante de  medula óssea é possível e recomendável.



4 Comentários Publicado por Mondarto
Tags associadas ao artigo: , , , .
Outros artigos:

Artigos relativos a "Leucemia, o que é e como tratar?"


Comente:

4 comentrios su "Leucemia, o que é e como tratar?"

  1. […] no cordão umbilical são utilizadas no tratamento de pessoas que têm doenças do sangue, como leucemia ou anemia falciforme, e que não encontram doadores compatíveis na própria […]

  2. […] pela mídia, em especial devido ao caso da atriz Drica Moraes, que descobriu ser paciente de leucemia mielóide aguda em fevereiro deste ano e, na manhã de hoje, realizou o procedimento no Hospital […]

  3. […] Brown, de 42 anos, pode ter sido o primeiro caso de cura da Aids até o momento. Ele tinha também leucemia e recebeu células-tronco de um doador resistente ao HIV. Desde o ano de 2007, quando foi  […]

  4. […] Entre os 155 idosos entrevistados,  foram identificadas quatro interações medicamentosas para cada paciente (quando o uso de vários remédios causa risco). O efeito mais observado foi o aumento de risco de hemorragia. […]


Imagens

3maçã
Progeria
Ambiente saudável
Medicamentos

Feed RSS

Mantenha-se sempre atualizado, assine agora o Feed Rss.

Cadastre-se & Login

Cadastre-se e identifique os seus comentários.

Newsletter

Cadastre-se para receber todos os novos posts do blog:





© Corpo Saun, is part of the network IsayBlog! whose license is owned by Nectivity Ltd.