I say blog!
  • 07
  • mar

HIV: portadores do vírus podem ter filhos sem correr riscos

Por Conceicao Costa, em Fecundação assistida.

aidsegravidez HIV: portadores do vírus podem ter filhos sem correr riscosPortadores de HIV que desejam ter filhos podem tornar esse sonho em realidade através da reprodução assistida. Com a união de casais sorodiscordantes – quando apenas um dos parceiros tem o vírus - é recorrente o desejo de vencer a última barreira imposta pela Aids: a procriação. Por meio de um processo chamado de dupla lavagem de sêmen, é possível gerar um bebê saudável sem que a mãe seja infectada. O tratamento é mais simples quando a mulher tem o vírus e o homem não. Basta inseminá-la com o esperma e acompanhar a gravidez com cuidado para evitar a transmissão do vírus ao feto, chamada transmissão vertical. Segundo os médicos, o mais indicado é que o bebê nasça de cesariana, receba a droga AZT nos primeiros três meses de vida e não seja amamentado pela mãe.

Porém, tudo fica mais difícil quando só o homem tem o vírus. A mulher tem que tomar hormônios para superestimular a produção de óvulos e anestesia para coletá-los. Além de fazer vários exames e, quando necessário, fazer repouso absoluto. A dupla lavagem de sêmen só pode ser feito se o homem estiver tomando o coquetel contra a aids rigorosamente, tiver um bom sistema imune e estiver com carga viral indetectável no sangue. A técnica – que custa entre R$ 15 mil a R$ 50 mil por tentativa de gravidez – funciona da seguinte maneira: o esperma do homem é colocado numa centrífuga. Os espermatozoides são separados do sêmen. Um único espermatozoide bem formado é selecionado e injetado dentro de cada um dos óvulos extraídos da mulher. Os embriões resultantes são colocados no útero. De acordo com o coordenador do Setor de Reprodução Humana do Hospital São Paulo, vinculado à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Renato Fraietta, como o HIV fica concentrado principalmente no sêmen, e não no espermatozoide, o risco é praticamente zero. “Não existe na literatura mundial um único caso de mulher que tenha sido infectada dessa forma ou de um bebê que tenha nascido com vírus depois de ter sido gerado por esse tratamento.”

Existe tratamento gratuito de lavagem de esperma? Sim, a partir deste mês o método de fertilização será oferecido pela Secretaria Estadual de Saúde, de São Paulo. O serviço vai oferecer a inseminação artificial clássica, ou seja, em vez de injetar apenas um espermatozoide num óvulo (o que reduz o risco de infecção da mulher), o sêmen lavado será colocado no últero da mulher. Apesar da lavagem, o risco de infecção é mais alto que no método baseado na injeção de um único espermatozoide por óvulo.



7 Comentários Publicado por Conceicao Costa
Tags associadas ao artigo: , , , , .
Outros artigos:

Artigos relativos a "HIV: portadores do vírus podem ter filhos sem correr riscos"

  • Evite correr riscos para perder peso neste verão
    Evite correr riscos para perder peso neste verão

    Facilmente encontradas na internet e até mesmo em clínicas, soluções milagrosas e sem procedência são ofertadas a quem deseja eliminar gorduras do corpo e perder peso. A procura por estes [...]


  • Vírus da gripe se espalha no verão
    Vírus da gripe se espalha no verão

    O vírus da gripe e resfriado está presente mesmo no perído do calor e muito sol. Embora esteja associado às estações mais frias, em que as  pessoas ficam confinadas em ambientes  fechados, os vírus de gripe e  [...]



Comente:

7 comentrios su "HIV: portadores do vírus podem ter filhos sem correr riscos"

  1. [...] o comportamento sexual de adolescentes que nasceram infectados pelo HIV devido à transmissão vertical – de mãe para filho durante a gestação, o parto ou a amamentação – foi a [...]

  2. [...] e embolia pulmonar). os 90% restantes são de causas degenerativas (como câncer, demência, Aids, doenças neurológicas, enfizemas e problemas renais). Estima-se que 34 milhões de pessoas por [...]

  3. [...] país rico em ouro e diamantes, não aceita as regras internacionais de prevenção e combate à Aids. Por isso, a proliferação da doença naquele país já deixou 10 milhões de órfãos. 60 mil [...]

  4. [...] banana pode ser a nova arma da ciência na prevenção da transmissão do vírus HIV. A novidade vem dos Estados Unidos, onde um estudo realizado na Universidade de Michigan mostrou [...]

  5. [...] soropositivos e casais sorodiscordantes (em que uma das pessoas é soropositiva e a outra não) que queiram ter [...]

  6. [...] que cerca de 630 mil brasileiros estão infectados com o vírus HIV e a maioria leva uma vida normal, sem qualquer manifestação de sintoma ou da doença. Comente! Publicado por Regina Prieto [...]

  7. Recentemente publiquei um livro pela editora SCORTECCI, o livro aborda o romance sorodiscordante e as possibilidades de ter um filho livro do vírus, e ajuda a entender que o preconceito é mais mortal que a doença. Entre no site e saiba mais: robertfilgueira.blogspot.com
    Abraços!


Imagens

3maçã
Progeria
Ambiente saudável
Medicamentos

Feed RSS

Mantenha-se sempre atualizado, assine agora o Feed Rss.

Cadastre-se & Login

Cadastre-se e identifique os seus comentários.

Newsletter

Cadastre-se para receber todos os novos posts do blog:





© Corpo Saun, is part of the network IsayBlog! whose license is owned by Nectivity Ltd.