I say blog!
  • 12
  • dez

Hirsutismo é o excesso de pelo no corpo da mulher

Por Conceicao Costa, em Obstetrícia e Ginecologia.

Mulheres e crianças que apresentam pelos no tórax, coxas, queixo, nádegas, rosto, abdomen e em volta da mama devem procurar um endocrinologista ou ginecologista porque podem estar com hirsutismo. O distúrbio é caracterizado pelo excesso de pelos escuros e grossos em regiões onde este tipo de pelo não costuma existir. O hirsutismo ocorre devido ao aumento absoluto ou relativo dos hormônios masculinos na mulher. A produção de andrógenos (hormônio mascHirsutismo é o crescimento de pelos nas mulheres1 Hirsutismo é o excesso de pelo no corpo da mulherulino) começa por volta de seis a oito anos de idade (adrenarca), que aumenta gradualmente durante a adolescência e começa a diminuir após os trinta anos.

A maior causa do hirsutismo é a Sindrome de Ovários Policísticos (SOP) que é um distúrbio nos ovários e nas glândulas supra-renais. Outras doenças são responsáveis por 2/3 do hirsutismo entre elas estão: Hiperandrogenismo, Virilismo, Oligomenorreia, Acantrose Nigricans, Amenorreia, Resistência à Insulina, Neoplasias Ovarianas, Retardo Mental, Acne Vulgar, Transtornos do Crescimento, Puberdade Precoce, Obesidade. Existe também o hirsutismo idiopático que apresenta os mesmo sintomas do ovariano, mas sua causa ainda é desconhecida pela medicina. Apesar de a Síndrome dos Ovários Policísticos  ser a maior causadora do hirsutismo ovariano, no entanto, nem todas as mulheres que têm a síndrome apresentam obrigatoriamente hirsutismo.

Estima-se que de 5 a 8% das mulheres em idade fértil sejam hirsutas. Isso significa que uma em cada vinte mulheres, entre a puberdade e os 50 anos têm o distúrbio. O hirsutismo atinge menos frequentemente as mulheres asiáticas e africanas; já na europa, as mediterrâneas são mais peludas que as nórdicas. Os sintomas do hirsutismo são o crescimento de pelos, engrossamento da voz, acne, oleosidade na pele, aumento de peso e infertilidade. Aqui cabe uma observação: na menopausa, algumas mulheres podem observar o crescimento da pelagem no corpo, mas isso não significa que são hirsutas e sim que estão sofrendo uma diminuição de hormônios femininos.

O diagnóstico do distúrbio, o médico deve fazer uma pesquisa clínica sobre a menarca, regulartidade nos ciclos menstruais, gestações, uso de contraceptivos, sintomas de ovulação (dor ovulatória, mastodínea), aparecimento de acne e/ou alopecia frontal, idade do início e progresso do hirsutismo, histórico familiar. Para eliminar os sintomas, o médico pode escolher entre os seguintes tipos de tratamentos: pílula anticoncepcional que contenha na f´romula substãncia com efeito antiandrogênico (em casos de hirsutismo leve), remoção de pelo com depilação a laser e eletrólise e medicamentos que diminuam as taxas de hormônios masculinos.



3 Comentários Publicado por Conceicao Costa
Outros artigos:

Artigos relativos a "Hirsutismo é o excesso de pelo no corpo da mulher"

  • Obesidade em excesso pode levar à infertilidade feminina
    Obesidade em excesso pode levar à infertilidade feminina

    Segundo estudo realizado pelo Departamento de Obstetrícia, Ginecologia e Biologia Reprodutiva da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, a chance de mulheres obesas engravidarem e conseguirem levar a gestação até [...]


  • Novo aparelho analisa excesso de gordura no corpo
    Novo aparelho analisa excesso de gordura no corpo

    Um estudo realizado na Grã-Bretanha gerou imagens inéditas que permitirão que cientistas analisem com mais precisão os efeitos do excesso de gordura no corpo humano. Os dados foram obtidos por [...]



Comente:

3 comentrios su "Hirsutismo é o excesso de pelo no corpo da mulher"

  1. [...] arterial, diabetes e depressão. Nas mulheres surgem alterações menstruais e o aparecimento de pelo na face, no tórax, abdômen, nos braços e nas [...]

  2. [...] de causa desconhecida, com evidentes componentes autoimunes e genéticos. Determina a queda dos cabelos e/ou pelos por interrupção de sua síntese, sem que ocorra destruição ou atrofia dos [...]

  3. cristiane


Imagens

3maçã
Progeria
Ambiente saudável
Medicamentos

Feed RSS

Mantenha-se sempre atualizado, assine agora o Feed Rss.

Cadastre-se & Login

Cadastre-se e identifique os seus comentários.

Newsletter

Cadastre-se para receber todos os novos posts do blog:





© Corpo Saun, is part of the network IsayBlog! whose license is owned by Nectivity Ltd.