I say blog!
  • 05
  • abr

Escolas devem oferecer alimentos saudáveis aos alunos

alimentos 300x220 Escolas devem oferecer alimentos saudáveis aos alunos O Ministério da Saúde e a Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep) assinaram acordo para que todas as escolas particulares do país recebam orientações para oferecer alimentos mais saudáveis em suas cantinas. O objetivo é multiplicar entre os estabelecimentos de ensino básico, fundamental e médio, as diretrizes do manual “Cantinas escolares saudáveis: promovendo a alimentação saudável”.
 
A partir do acordo, a Fenep e o Ministério da Saúde definirão formas de reconhecer escolas cujas cantinas ofertam alimentos mais saudáveis. O ministério criou um selo de qualidade para as escolas que adotarem a alimentação saudável nas cantinas. 
 
O foco do Ministério da Saúde na melhoria da qualidade da alimentação escolar visa a combater o avanço da obesidade infantil. Estimativas do ministério apontam que cerca de 525 mil crianças e 140 mil adolescentes têm obesidade mórbida no Brasil. 
 
Pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 34,8% das crianças com idade entre 5 e 9 anos está acima do peso recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. Ainda de acordo com a OMS, um ambiente favorável às escolhas alimentares saudáveis para crianças é fundamental para redução da obesidade infantil.
 
Os maus hábitos alimentares dos estudantes brasileiros também podem ser constatados nos resultados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar. A avaliação apontou que apenas um terço dos alunos matriculados no ensino fundamental da rede privada consomem frutas e hortaliças em cinco dias ou mais na semana. Já refrigerantes e frituras fazem parte da rotina alimentar de 40% dos alunos.
 
Dados do IBGE revelam que os adolescentes brasileiros consomem mais salgadinhos (sete vezes maior), biscoitos recheados (quatro vezes maior), biscoitos doces (mais de 2,5 vezes maior) e biscoitos salgados (50% a mais) que os adultos.
 
A medida do ministério tem como meta reduzir os fatores de risco – obesidade, tabagismo e consumo de bebidas alcóolicas – fatores de risco para doenças cardiovasculares. E até 2022, o plano deverá reduzir a obesidade infantil aos mesmos patamares de 1988: 8% entre os meninos e 5% entre as meninas, revertendo a curva atual. 



1 Comentário Publicado por Mondarto
Tags associadas ao artigo: , , , , .
Outros artigos:

Artigos relativos a "Escolas devem oferecer alimentos saudáveis aos alunos"

  • Alimentos que parecem, mas não são saudáveis
    Alimentos que parecem, mas não são saudáveis

    O site da revista Cosmopolitan fez uma pequena lista de alimentos que são comumente considerados saudáveis, mais por propaganda que por apresentarem características assim. Adoçantes Os adoçantes são mais doces [...]


  • Alunos de escola pública e privada admitem uso de drogas
    Alunos de escola pública e privada admitem uso de drogas

    Os alunos de escolas privadas experimentam e consomem mais drogas que os estudantes das escolas públicas, segundo levantamento realizado pela Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad). O mapeamento feito com [...]


  • Alimentos não saudáveis com os dias contados
    Alimentos não saudáveis com os dias contados

    Sanduíches gordurosos, batatas fritas, doces, bolos, salgadinhos, bebidas alcoólicas e refrigerantes estão na alça de mira do Ministério da Saúde de Taiwan que pretende cobrar um imposto mais alto sobre [...]



Comente:

1 comentrio su "Escolas devem oferecer alimentos saudáveis aos alunos"

  1. [...] diferente. Dados da Pesquisa de Orçamento Familiar do IBGE indicam que, em 20 anos, os casos de obesidade cresceram assustadoramente entre crianças de cinco a nove anos, chegando a 16,6% nos meninos e [...]


Imagens

3maçã
Progeria
Ambiente saudável
Medicamentos

Feed RSS

Mantenha-se sempre atualizado, assine agora o Feed Rss.

Cadastre-se & Login

Cadastre-se e identifique os seus comentários.

Newsletter

Cadastre-se para receber todos os novos posts do blog:





© Corpo Saun, is part of the network IsayBlog! whose license is owned by Nectivity Ltd.