I say blog!
  • 06
  • jun

Amnésia alcoólica, a atuação do álcool na memória

Sabe quando você acorda após uma noite de bebedeira e não se lembra de nada do que aconteceu na balada, simplesmente um blackout total? Cientistas da Universidade de Sussex, Inglaterra, realizaram um estudo para provar se a chamada  amnésia alcoólica existe mesmo. Segundo os pesquisadores, o álcool pode estar a afetando os  neurotransmissores e estariam alterando a maneira com que a memória é formada. O alto consumo da bebida inibe a memória pós ingestão, fazendo o individuo lembrar apenas o que ocorreu antes,  o que na maioria das vezes é uma boa lembrança.

amnésia Amnésia alcoólica, a atuação do álcool na memória

Durante a pesquisa foram comparadas as habilidades de memória dos voluntários para imagens mostradas antes e depois da ingestão de bebidas não-alcoólicas e alcoólicas. O resultado mostrou que quem bebeu álcool teve a memória aumentada para  as imagens vistas antes do consumo e deteriorada para as imagens vistas depois.

Os pesquisadores também identificaram uma dificuldade na capacidade de julgamento de determinadas situações e valores. Outra descoberta foi que tendemos a nos lembrar mais dos fatos positivos do que dos negativos, o que faz com que lembremos mais das partes divertidas do que das coisas vergonhosas que fizemos com o julgamento afetado pelo álcool.

Não está claro como o álcool muda a maneira como as memórias são formadas, mas ele pode estar alterando os neurotransmissores que formam as memórias. É incerto o ponto exato do mecanismo de memória em que o álcool atue, mas pesquisas científicas demonstram que há uma espécie de anestesia do cérebro e a transferência da memória de curta duração para memória de longa duração é prejudicada, fazendo com que não fixemos os fatos.

Outro ponto intrigante sobre o qual não há nada conclusivo é o porquê algumas pessoas não têm esses blackouts ou apresentam muito raramente algum tipo de perda de memória, já que essa condição foi verificada tanto em dependentes de álcool quanto em pessoas que bebem socialmente. O que se sabe do fato é que alguns têm uma tolerância maior aos efeitos nocivos do excesso de álcool do que outros e que isso pode indicar um fator genético ou da maneira como o corpo processa o álcool.



Comente! Publicado por Lais
Tags associadas ao artigo: , , , .
Outros artigos:

Artigos relativos a "Amnésia alcoólica, a atuação do álcool na memória"

  • Abuso de bebida alcoólica começa em casa
    Abuso de bebida alcoólica começa em casa

    Os adolescentes que fazem uso abusivo de bebidas alcoólicas têm pai ou mãe que também ingere álcool com freqüência, segundo pesquisa realizada pelo Centro de Referência em Álcool, Tabaco e [...]



Comente:

Comente su "Amnésia alcoólica, a atuação do álcool na memória"


Imagens

3maçã
Progeria
Ambiente saudável
Medicamentos

Feed RSS

Mantenha-se sempre atualizado, assine agora o Feed Rss.

Cadastre-se & Login

Cadastre-se e identifique os seus comentários.

Newsletter

Cadastre-se para receber todos os novos posts do blog:





© Corpo Saun, is part of the network IsayBlog! whose license is owned by Nectivity Ltd.